Ruas mais perigosas de São Paulo

Atente-se nas grandes cidades redobre o cuidado com a sua segurança, a FemiTaxi traz uma lita das ruas mais perigosas de São Paulo e dicas essenciais para se manter sempre segura.
Uma situação que ninguém deseja passar é a de ter o veículo furtado ou mesmo sofrer um assalto a mão armada no meio do trânsito. Infelizmente, em uma cidade como São Paulo, este tipo de perigo é bastante eminente, especialmente se você frequentar ruas perigosas ou mesmo não ter o devido cuidado e atenção a tudo que está ao redor. É para te ajudar a evitar que algo tão traumático ocorra, iremos dar algumas dicas neste artigo de como se prevenir e de quais as ruas que foram consideradas as mais perigosas da cidade, segundo os dados fornecidos pela Polícia Civil. Acompanhe!

O quão comum é o furto de veículos em São Paulo?

Quem nunca conheceu alguém que teve o carro furtado ou mesmo passou por essa situação pessoalmente, está com sorte. A Polícia Civil divulgou dados bastante alarmantes sobre o assunto: em três meses de pesquisa em 2015, as delegacias registraram mais de 15 mil furtos. É um número bastante alto, ainda mais se comparado à outras cidades pelo mundo. Portanto, algumas dicas são essenciais para evitar que algo assim aconteça com você. Anote aí:

– Procure sempre andar por locais bem iluminados e que você conheça. Com o uso do GPS, ficou mais comum irmos por rotas alternativas e isso nem sempre é uma ideia positiva. Quando for assim, tente observar o caminho e faça questão de recalculá-lo por onde você tem mais familiaridade.

– Nunca pare o veículo para atender o celular em uma rua escura ou deserta demais. Mesmo durante o dia, o risco existe e é preciso ficar atento. Se precisar atender uma ligação urgente, pare em frente a um local iluminado, que tenha câmeras e vigias noturnos de preferência. Uma boa dica é estacionar em frente a farmácias ou comércios abertos.

– Na hora de parar o carro, sempre observe ao redor e veja se não há nenhum suspeito se aproximando. Caso perceba algum movimento estranho, aborte a missão e pare em outro lugar. Se puder, tente estacionar em lugares fechados. Caso só possa parar na rua, escolha um local bem iluminado e bem movimentado.

– Não deixe objetos a mostra, como celulares e computadores, pois isso pode ser muito atrativo para quem deseja realizar um roubo. Sempre que puder, esconda-os embaixo dos bancos.

– Se notar alguém mexendo no seu veículo, não intervenha e chame imediatamente a polícia. Lembre-se que sua vida é o bem mais importante que você possui.

– Quando entrar no carro, ligue-o e saia rapidamente. Evite ficar no veículo parado sem motivos, conversando ou mesmo falando ao celular.

As ruas mais perigosas de São Paulo

Agora que você anotou as principais dicas, vamos às ruas mais perigosas de São Paulo. Segundo os dados da Polícia Militar, as 10 principais ficam na Zona Leste, seguidas pela Zona Oeste, e depois pela Zona Sul. Veja a lista abaixo:

1- Av. Mateo Bei, em São Mateus (Zona Leste);

2- Rua Barão do Bananal, na Lapa (Zona Oeste);

3- Rua Alvinópolis, na Penha (Zona Leste);

4- Rua do Manifesto, no Ipiranga (Zona Sul);

5- Rua Ragueb Chohfi, em São Mateus (Zona Leste);

6- Rua Capote Valente, em Pinheiros (Zona Oeste);

7- Rua Angelo de Candia, em São Mateus (Zona Leste);

8 – Rua Guamiranga, na Vila Alpina (Zona Leste);

9 – Rua Atual, na Penha (Zona Leste);

10- Rua Agostinho Gomes, no Ipiranga (Zona Sul);

11 – Av. Prof. Francisco Herman Junior, em Pinheiros (Zona Oeste);

12 – Rua Caiowaa, em Perdizes (Zona Oeste);

13 – Rua Cipriano Barata, no Ipiranga (Zona Sul);

14 – Rua Cavour, na Vila Alpina (Zona Leste);

15 – Rua Paulo Bregaro, no Ipiranga (Zona Sul);

16 – Av. Arruda Botelho, em Pinheiros (Zona Oeste);

17 – Av. Afonso Bovero, em Pinheiros (Zona Oeste);

18 – Rua Elíseo Ferreira, em São Mateus (Zona Leste);

19 – Rua Sóror Angélica, na Casa Verde (Zona Norte);

20 – Rua Leopoldo de Freitas, na Penha (Zona Leste).

Essa é a lista das ruas com o maior índice de furtos em São Paulo. Mas lembre-se: em qualquer lugar é preciso se proteger e ficar atento a tudo ao redor, para evitar ser pego desprevenido. Tomar cuidado é essencial em grandes cidades, independente do bairro.